Livina e Grand Livina: menor custo no conserto


Livina e Grand Livina têm os menores custos de reparo em suas categorias, segundo o Centro de Experimentação e Segurança Viária (CESVI). Os dois carros foram submetidos a testes de impacto para definir seus índices de reparabilidade e foram os primeiros em suas categorias no prêmio Car Group (CESVI).

Esse teste faz uma projeção do custo e do tempo necessário para o conserto. Quanto menor o índice, melhor. E Livina e Grand Livina tiveram os melhores resultados. Ou seja, o proprietário gasta bem menos quando precisa fazer alguma manutenção e não fica tanto tempo sem o carro.

Segundo Ricardo Viana, diretor de pós-venda da montadora, este é mais um passo importante para a Nissan do Brasil. “O resultado do CESVI mostra toda a atenção dispensada pela marca para que nossos clientes tenham a melhor experiência com nossos veículos”, diz ele. “Este esforço traduz-se em proteção e segurança aos ocupantes, em preços de peças competitivos, em facilidade de reparação e, consequentemente, ocasiona a queda do custo dos seguros. É um grande diferencial, que nos ajudará no caminho de consolidação da Nissan no mercado brasileiro”, diz.

COMO É FEITO O TESTE?

Os testes de impacto CESVI são patrocinados por empresas da área de seguro. Os resultados são classificados em notas de 10 a 60, que definem o ranking Car Group em diversas categorias. Os índices baixos permitem às empresas de seguro oferecer apólices com preços mais acessíveis.

São realizados testes na pista de crash tests do CESVI, em São Paulo, com impactos a 15 km/h. As colisões atingem 40% da dianteira esquerda e 40% da traseira direita do veículo, seguindo a Norma Internacional do Research Council for Automobile Repair (RCAR), Conselho Internacional de Centros de Pesquisa Especializados em Reparação Automotiva e Segurança Viária.

Após o impacto, o carro é levado a uma oficina-modelo para levantamento da extensão dos danos e da facilidade de reparo. A tabela Car Group contém veículos fabricados no Brasil e no Mercosul e carros importados, mas não inclui modelos e esportivos fora-de-série, picapes e utilitários com peso superior a 2.300 kg.




    Deixe uma resposta

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: